MINHAS COMPRAS

Notícias

ESTUDO APONTA O SEDENTARISMO TÃO PERIGOSO QUANTO O CIGARRO

Postado em: jul/2012
 ESTUDO APONTA O SEDENTARISMO TÃO PERIGOSO QUANTO O CIGARRO


 
Pesquisa aponta que uma em cada dez mortes por doenças do coração, diabetes e câncer de mama ou cólon é causada por falta de atividade física.
 
As vésperas das Olimpiadas de Londres, foram divulgados estudos que apontam o sedentarismo tão perigoso quanto o tabagismo, porém, este comparativo é contestado, já que o numero de fumantes é menor do que o de sedentarismo, portanto se o numero de mortes é compatível, isto faz com que o cigarro seja ainda mais perigoso do que se tem registrado.
 
A inatividade física é responsável por 10% das mortes por doenças como problemas cardíacos, diabetes e câncer de mama ou colorretal, diz o estudo. O problema é tão grave que deve ser tratado como uma "pandemia", dizem os pesquisadores.
 
A mudança generalizada da mentalidade está entre as medidas públicas necessárias para combate a este problema. Apesar das Olimpiadas gerar grande audiência, a maioria dos que estiverem acompanhando são enquadrados como sedentarios.
 
Na América Latina, o sedentarismo corresponde a 11,4% das mortes por problemas cardiacos e cancer de mama ou colorretal. No Brasil este número é de 13,2%.
 
O Desafio Global é fazer com que adultos façam ao menos 150 minutos de atividades esportivas por semana. Sejam estas em intensidades leves em modalidades como Ciclismo, Caminhada e Jardinagem.
 
Uma professora, participante da pesquisa, afirma: "Precisamos fazer o possível para que as pessoas cuidem da saúde e façam atividades fisicas como parte da vida cotidiana".
 
Fonte: JN 18/Jul/2012.